Dia Mundial da Diabetes - "Vamos controlar a Diabetes. Agora!?
03/11/2014

No próximo dia 14 de Novembro celebra-se o Dia Mundial da Diabetes, que é considerada a epidemia do século XXI pelo número de pessoas que afeta e pelas suas complicações causadoras de grande morbidade e mortalidade.

A doença afeta o modo como o corpo utiliza a glicose obtida dos alimentos digeridos. Em geral, o alimento é quebrado em glicose, uma forma de açúcar, que então passa para a corrente sanguínea, onde é usada pelas células para crescimento e energia. Para a glicose atingir as células, entretanto, é necessário haver insulina, hormônio produzido pelo pâncreas. A maioria dos pacientes com diabetes 2 tem dois problemas: resistência à insulina, quando as células respondem cada vez menos a esse hormônio, e produção deficiente de insulina pelo pâncreas. Como resultado, a glicose se acumula no sangue e na urina, sem cumprir seu papel de fonte principal de energia do corpo.

Existem dois tipos de Diabetes:

Diabetes Tipo 1: Ocorre quando a pessoa tem pouca ou nenhuma insulina, sendo mais comum em crianças e jovens. Os principais sintomas são: muita sede, muita fome, urinar várias vezes ao dia e perda de peso.

Diabetes Tipo 2: É a forma mais comum. Ocorre quando a pessoa produz menos insulina que o normal, sendo mais encontrado em adultos com mais de 30 anos, principalmente em obesos. Os principais sintomas são: desânimo, fraqueza, cansaço físico, alterações visuais, lesões nos pés e pernas com difícil cicatrização.

Quais os fatores de risco que aumentam a chance de desenvolver a Diabetes? Obesidade, sedentarismo, hipertensão, doenças cardíacas e histórico familiar de Diabetes.

Quais as complicações do Diabetes? Caso não ocorra o controle da glicemia, podem surgir as seguintes complicações: Perda de visão; Problemas renais e neurológicos; Impotência sexual; dificuldade de cicatrização, podendo levar a perda dos pés e das pernas.

Quais são os cuidados que o diabético deve ter? Para o tratamento do diabético é necessário 3 cuidados importantes: medicação, atividade física sob prescrição médica e dieta sob orientação de nutricionista.

O que são produtos DIET, LIGHT e ZERO? O termo DIET é usado em alimentos dos quais foi retirado 100% de algum componente nutricional. São indicados para pessoas que têm restrição ao consumo de alguma substância. O termo LIGHT é usado para alimentos cujo valor energético (calorias) ou conteúdo de algum nutriente (açúcares, gorduras, sódio, etc) é baixo ou reduzido em pelo menos 25% quando comparado ao produto na sua apresentação normal. O termo ZERO é um dos mais utilizados na atualidade. É de fácil compreensão porque junto à expressão “zero”, vem em seguida o que é retirado no produto, como por exemplo, “Zero Açúcar”, “Zero Calorias”, “Zero Gorduras”, etc. Como o pensamento de muitas pessoas era de que produtos Diet eram apenas os produtos sem açúcar ou direcionados a diabéticos, pode-se dizer que o termo Zero seria uma saída para facilitar o entendimento e popularizar o consumo desses produtos. Alguns produtos Light que tinham a retirada total de algum nutriente também aderiram ao termo zero.

 

GISELE FURTADO BRAGA

NUTRICIONISTA

CRN10: 1114

CONTATO
Diretor técnico: Dr. Sérgio Batista - CRM 6210
Todos os direitos reservados - Hospital do Coração de Balneário Camboriú - 2014 - WLive!